Pin It button on image hover

Shopping com Container é Sucesso na Certa!

Em função do custo x benefício do container reciclado, empresários tem investido e apostado neste tipo de construção para criar shoppings centers e centros comerciais em diversas cidades, permanente, temporários ou itinerantes. O modelo de negócio permite utilizar terrenos ociosos e/ ou sem perspectiva de utilização no curto e médio prazo.

Lojas REC (+ imagens abaixo)
Este tipo de empreendimento pode retornar o investimento entre 12 a 18 meses, diferente de uma construção tradicional que demoraria mais de 60 meses. Entre as vantagens estão a menor quantidade de capital, a geração de pequenos e médios empresários e o risco diluído, pois os equipamentos não se tornam imobilizados e podem ser revendidos posteriormente, basta "desplugar". Abaixo sete cases interessantes:

1) Lojas REC, Espanha.

Em um antigo bairro industrial chamado de "barri del rec", eis que surge um conceito de varejo muito bacana, alternativo e descontraído. As lojas pop-up experimentais e efêmeras surgiram com o intuito de revitalizar o bairro e a cidade promovendo este local que iniciou grandes marcas do mundo têxtil. Gostei do uso de tonéis reciclados com os nomes de cada loja e/ ou artista representado. Grandes curtumes, fábricas e designers vendem produtos e amostras a preços baixíssimos. O evento ocorre duas vezes por ano. 

Market 707 (+ imagens abaixo)


2) Market 707, Canadá.

É uma praça de alimentação feita inteiramente de containers e a céu aberto com foco no varejo. É uma ação comunitária apoiada pelo governo afim de incentivar novos empreendedores locais. Cada negócio tem a gestão de uma incubadora pop-up. O centro chama a atenção e já é considerado um ponto turístico, lá se encontram 14 empresas que fornecem desde a tradicional comida canadense, passando por crepes franceses, sucos especiais e diversas cozinhas internacionais. 

 South Street Seaport (+ imagens abaixo)
3) South Street Seaport, Estados Unidos.

A mega The Howard Hughes Corporation optou por investir no segmento varejista de pop-ups com containers e escolheu o bairro histórico de Nova Iorque como piloto. O projeto chamado de See/ Change possui diversos varejistas ligados a moda, alimentação e atrações. A arquitetura em container até lembra o centro comercial Boxpark


Re:START (+ imagens abaixo)
4) Re:START, Nova Zelândia.

O maior shopping de containers do mundo provavelmente esteja localizado em Christchurch, cidade situada na Nova Zelândia que utilizou contêineres para se reinventar rapidamente após um trágico terremoto. Já havia demonstrado algumas cafeterias aqui no Container SA deste lindo lugar. São mais de 50 empreendimentos no local, com grandes marcas, algumas centenárias. Inicialmente começou com 64 containers marítimos

Container City Cholula (+ imagens abaixo)
5) Container City Cholula, México.

A iniciativa, que se tornou referência cultural e arquitetônica, foi de um grupo de empresários de médio porte que tinham o intuito de criar um espaço excêntrico. 50 containers reciclados, com cores vibrantes e espalhados em uma área de 4500 m² criando ruas, becos, pátios e átrios. Além de ter restaurantes, lojas de moda, bares, livrarias e galerias de arte, possui também pequenos apartamentos residenciais. No local existem diversos espaços para atrações de bandas e teatro. 


Half Street Fairgrounds (+ imagens abaixo)
6) Half Street Fairgrounds, Estados Unidos.

Instalado em uma área de aproximadamente 65 mil m², o mercado ao ar livre utiliza containers reciclados inicialmente para atender a temporada de beisebol com restaurantes, promoções de produtos e serviços e muitos shows, ficando aberto duas horas antes e duas horas depois dos jogos. Quando não ocorrem os jogos, fica aberto para promover concertos, apresentações e ações beneficientes. A arquitetura em container foi inspirada no Dekalb Market.


Container Mall (+ imagens abaixo)
7) Container Mall, Brasil.

Em Manaus, uma cidade com clima quente e úmido, foi o local para a versão brasileira de um centro comercial utilizando 20 containers marítimos de 20 pés. O projeto do arquiteto Roberto Moita resolve ceticismos de calor x container. Com dois pisos em uma área de 470 m², os módulos foram transformados em módulos duplos, cinco no térreo e cinco no primeiro piso. 

Mais imagens abaixo, clique para ampliar ou abrir o modo slide!

Se interessa por shopping com container? Talvez queira ver estes artigos:


Lojas REC

Lojas REC

Lojas REC

Lojas REC
Market 707

Market 707

Market 707

Market 707
 South Street Seaport

 South Street Seaport

 South Street Seaport

 South Street Seaport

 South Street Seaport

 South Street Seaport
Re:START

Re:START

Re:START

Re:START

Re:START

Re:START

Re:START
Container City Cholula

Container City Cholula

Container City Cholula

Container City Cholula

Container City Cholula

Container City Cholula

Container City Cholula

Container City Cholula
Half Street Fairgrounds

Half Street Fairgrounds

Half Street Fairgrounds
Container Mall

Container Mall

Container Mall

Fontes: BlogTo, Observer, Business Wire, Recstores, Restart, Retail Design Blog, Container City, Asla, Fairgrounds DC, CBCA. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário