Pin It button on image hover

Apartamento Container: Solução Residencial Emergencial ou Permanente (5 cases)

Já vimos por aí diversas aplicações de construções com container nas quais inclui grandes prédios, desta vez, a Container SA traz alguns exemplos bacanas de prédios com apartamentos residenciais no qual nos faz pensar de como a construção tradicional é tão bruta e pouco industrializada.  


Cité A Docks: apartamentos compactos e modernos
1) CITÉ A DOCKS, França. 

Este projeto é um dos meus preferidos. Trata-se de um design fantástico e muito bacana. 100 apartamentos de 24 m² cada, equipados com todo o conforto que utiliza containers reciclados empilhados em quatro andares. O projeto da Cattani Architects tem um design na qual os containers proporcionam novos ambientes, como varandas e terraços. Tal arranjo no layout permitiu um visual moderno e atrativo, principalmente para jovens estudantes que são o foco do empreendimento. 


Shigeru Ban: da necessidade à funcionalidade (+ imagens abaixo)


2) SHIGERU BAN, Japão. 

Após o terremoto de março de 2011, foram liberadas construções utilizando o conceito dos containers. Cerca de 1800 unidades para atender milhares de pessoas até a recuperação da comunidade. Após encontrarem um terreno plano, decidiram empilhar em até três andares que é considerado seguro para a realidade japonesa. A escolha dos containers é uma ótima solução, inclusive de longo prazo já que possui um excelente comportamento sísmico. Os apartamentos possuem várias dimensões para atender diversos tamanhos de famílias: 19,8 m², 29,7 m² ou 39,6 m².


Eagle Ford: solução para moradia (+ imagem abaixo)
3) EAGLE FORD, Estados Unidos. 

Atento à falta de moradia para os trabalhadores do segmento petrolífero na região do Texas, um empreendedor resolveu construir apartamentos container. O valor do aluguel varia entre US$ 800 a US$ 1,200 e estão todos ocupados.


Casa Social: unindo fins sociais com ecológicos (+ imagens abaixo)
4) CASA SOCIAL, Canadá. 

Esta arquitetura com container utiliza 12 containers marítimos reciclados e possui 24 apartamentos de 27 m². O prédio possui três andares e o acesso se dá com escada externa. O aluguel de cada apartamento é de aproximadamente US$ 375 e o valor tem fins sociais, sendo 50% deles reservados à mulheres que sofreram maus tratos ou estão em condição precária. O valor total do projeto, que tem cunho social, incluindo o terreno, foi de US$ 3,3 milhões e tem participações do município e de grandes empresas. Bacana neste projeto é o aproveitamento do terreno, que fica legal para apartamentos de aluguel em praias e cidades turísticas.

Ei Psiu! Para você que é assinante do Faça-Você-Mesmo, algumas imagens de como esta arquitetura foi desenvolvida! Clique aqui!

Kiha: revestimento externo agrada aos olhos e proporciona melhoria térmica
5) KIHA, França. 

Os 21 apartamentos de 30 m² foram entregues em três meses, esta velocidade de construção é porque os mesmos utilizam os containers marítimos e grande parte do acabamento é realizado dentro de uma fábrica (pré-fabricação modular). O foco do projeto são estudantes, jovens trabalhadores, casais ou solteiros. A construção com container possui isolamento interno e externo, o que permitiu um acabamento bacana. 

Mais imagens abaixo!

Se gostou deste artigo, pode ser que se interesse por:

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks

Cité A Docks
Shigeru Ban 
Shigeru Ban

Shigeru Ban

Shigeru Ban

Shigeru Ban

Shigeru Ban

Shigeru Ban

Shigeru Ban
Eagle Ford 
Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social

Casa Social
Kiha

Kiha

Kiha

Kiha
Fontes: Design Boom, Eagle Ford Shale, Contemporist, Container Home, Nairaland, Vancourier, Vancouver Sun, Straight, Atira, Batiweb, Kiha.

2 comentários:

  1. Maravilhosos, fiquem encantado e desejado pelos projetos, parabéns aos profissionais idealizadores.

    Jaime V. Rocha


    ResponderExcluir