Pin It button on image hover

Prédio Container: 3 Cases Comerciais

Empresas tem encontrado na construção com container soluções bastante criativas, funcionais e com excelente apelo para o tema da sustentabilidade. Somada a outras técnicas ecologicamente corretas, estas empresas se tornam excelentes inspirações para a sociedade. 


Tony's Farm (+ imagens abaixo)
1) TONY'S FARM, China.

A maior fazenda orgânica de Xangai construiu um centro para visitantes igualmente sustentável. O projeto da Playze utiliza 78 containers marítimos reciclados com uma área de 1060 m². Destaque para os pequenos cortes circulares que permitem a passagem de luz, geração de sombras e ventilação. Outro ponto interessante é o pé direito formado com os containers empilhados e sem as chapas onduladas. Futuramente, a fazenda quer agregar um hotel com o mesmo tipo de construção. 

C3600 (+ imagens abaixo)



2) C3600, Estados Unidos.

Criado para uma empresa de design, a construção com container foi erguida em menos de quatro horas. São 12 containers marítimos com até três andares que somam um total de 670 m². O hall na entrada possui janelas enormes, permitindo a entrada de luz natural. O prédio com design minimalista também faz uso de um telhado verde. 

Sugoroku (+ imagens abaixo)
3) SUGOROKU, Japão.

Neste prédio, uma curiosa armação de aço foi montada para que os sete containers marítimos de 20 pés fossem apoiados. Como não tinham uma área definida, resolveram arrendar um pequeno terreno até concluírem a aquisição de um local definitivo. O projeto possui três andares, sendo que dois ficaram abertos e servem como varanda. 


Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm

Tony's Farm
C3600 em andamento
Sugoroku

Sugoroku

Sugoroku

Sugoroku

Sugoroku

Sugoroku

Sugoroku

Sugoroku

Sugoroku

Sugoroku
Fontes: Whitecrate, Eagle Ford Shale, HyBrid, ArchDaily, Inhabitat, Gessato, Architizer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário